• Colégio AEP

5 Dicas para manter uma alimentação familiar saudável

Agora que as festas acabaram e que entramos num novo ano, pode ser a altura ideal de repensar os nossos hábitos alimentares.

Deixamos aqui algumas dicas para as famílias:

1º Instituir um dia da asneira.

É importante comer saudável mas também é muito importe ter um dia em que se pode comer o que mais apetece. Um dia não são dias, e no que toca a satisfazer o nosso cérebro é importante comer um chocolatinho aqui, uma batata frita acolá. A consciencialização do dia da asneira já é uma aprendizagem importantíssima para os seus filhos.


2º Não ir às compras com fome.

Ir às compras com fome é meio caminho andado para comprar as ditas "porcarias", os snacks rápidos cheios de coisas que fazem menos bem à saude. Mas principalmente nunca, mas NUNCA ir às compras com os miúdos com fome. Dificilmente sobreviveremos ao corredor dos refrigerantes e das doçuras.


3º Apostar nos frescos.

Os produtos frescos, frutas, vegetais, peixe e carne, não processados são tendencialmente mais saudáveis comparativamente a refeições pré-cozinhadas por não terem produtos a mais na sua composição. Tente comprar produtos frescos e confeciona-los de forma simples em casa. Caso tenha uma semana mais atribulada, cozinhe ao fim de semana com alimentos frescos e armazene no congelador a refeição pronta a aquecer. Faça um jogo! Quando o frigorífico ficar mais vazio, será que consegue fazer uma refeição apenas com o que tem?


4º Saber ler um rótulo.

Sabia os ingredientes de um determinado produto aparecem no rotulo de acordo com a sua quantidade, ou seja, os primeiros ingredientes são os que existem em maior quantidade naquele produto. Da próxima vez que pegar num iogurte dito infantil, cheio de bonequinhos que chamam a atenção dos mais novos, veja em que posição na lista de ingredientes vem o açúcar ( provavelmente na segunda!). Quanto menos ingredientes contar na lista de ingredientes, mais saudável vai ser o produto, um bom exemplo para uma lista de ingredientes de um iogurte seria: Leite pasteurizado, leite em pó e fermentos lácteos.


5º Incluir a família nas decisões alimentares.

Conversar sobre o que mais gostam para as refeições e para os lanches, pedir sugestões, experimentar coisas novas em família. Não desistir de tentar ter uma alimentação melhor e ir experimentando novas receitas. Na realidade o paladar altera-se ao longo do tempo e pode ser que os brócolos venham a ser os melhores amigos do seu filho, nunca desista de oferecer coisas que eles não apreciam. Agora, uma regra/jogo para todas as refeições: um prato saudável deve ter 3 ou mais cores de alimentos, ponha os seus filhos a identificar as cores e a sugerir novas cores para os seus pratos!


O trabalho de uma alimentação saudável atinge frutos quando a família preferir coisas saudáveis em vez das menos boas e o dia da asneira incluir pipocas e sumo natural.





 

22 971 7666

©2020 por Colégio Academia de Ensino Particular. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now